Folklore: a tendência do Inverno 2018! Viva estilo Cigano!!!

||
FOLK
 Ela, nada mais é, do que uma tendência que lembra bastante o Boho, bem mais conhecido e popular nos últimos tempos. A ideia principal é mixar, sobrepor e abusar das peças e detalhes artesanais, com bastante cor e estamparias.
 Assim como o Boho, o Folklore preza principalmente pelas peças larguinhas e bastante coloridas. A diferença principal entre essas duas tendências é que o Folklore abrange muito mais detalhes e tipos de roupa, já que é uma mistura entre os estilos country, western, hippie, ou seja, é um conjunto de vários estilos e culturas que remetem ao espírito nômade e folclórico das tribos urbanas. Por isso que o nome dessa tendência é Folklore, que em nosso português significa povo, nação, tribo, folclore.Das principais características do Folklore, estão os detalhes artesanais. Como é um estilo que vem de povos urbanos, mais simples, muitas peças são todas feitas à mão ou possuem algum bordado ou detalhe feito através de trabalho manual. Uma opção são as blusas em crochê, que podem ser usadas com shorts jeans, calças, saias, tendo cuidado apenas com o volume do look como um todo. Também devemos lembrar daquelas blusinhas com mangas ou outras partes trabalhadas, com rendas, crochês e bordados. Se ela for com decote ombro a ombro, estilo ciganinha, melhor ainda, pois ficará mais perto do universo do Folklore.Dentro desse estilo também aparecem diversas peças em tecidos rústico, como a camurçae o suede, por exemplo. Essas roupas, principalmente se forem em cores terracota, também são a cara do Folklore. E, é claro, não podemos nos esquecer das franjas, sempre presentes nos armários dos adeptos dessa tendência. Pode colocar franja em tudo, blusas, casacos, vestidos, o que quiser. Só devemos ter cuidado com o local que você deseja colocar volume no look, já que as franjas causam exatamente esse efeito.

129a78b4afec28bb940ba59ea7e92310

Txto do Blog: https://lojastyleme.wordpress.com










LOJA VIRTUAL MARIAH AZEVEDO BIJU

||
Agora voce pode adquirir peças da grife Mariah Azevedo Biju pela Loja Virtual

MARIAH AZEVEDO BIJU

Simbolos Celtas

||

Simbologia dos povos celtas

A existência dos celtas remonta a mais de 25 séculos e eles ocuparam terras da Europa Oriental, Grécia, Espanha, Itália, Europa Ocidental, Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda. Longe da imagem da guerra, sua vida foi orientada para o mundo mágico e espiritual, guiada pelo druidismo, uma tradição sagrada.
PELENTE DE FLOR DE CELTA
Os druidas, como sacerdotes e sábios, desempenharam um papel muito importante, fundamental em todas as comunidades celtas, transmitiram a escrita e o ensino através da palavra. Acredita-se que o famoso Stonehenge foi usado como um templo druida.
Símbolos celtas
O Trisquel . Embora não saibamos com certeza seu significado, esse símbolo está relacionado ao sol e ao fogo, ao começo e ao fim; entre os druidas representavam a trindade Passado, Presente, Futuro. E se quisermos aprofundar, na espiritualidade irlandesa, essa figura geométrica reflete as três esferas sagradas, os três reinos nos quais os irlandeses dividiram o mundo: o Reino do Mar, o Reino da Terra e o Reino do Céu.
pendurado-celta-triskell-com-nó-celta-acabamento-bronze
Lauburu (Labaro) Seguindo as pistas de sua etimologia, descobrimos que a palavra significa orador, pessoa que fala em voz alta. É um dos símbolos adotados pelos auxiliares da Cantábria que serviram Roma e usaram nos banners para enviar ordens ou sinais às tropas durante as batalhas.
Símbolo celta, Lauburu, usado nas bandeiras cantábricas
A cruz celta . Este símbolo é a conexão entre os ritos pagãos e a nova religião e permanece, hoje, sinônimo de fé e esperança cristãs. No entanto, há aqueles que atribuem outras interpretações, as linhas retas da cruz representariam o homem e o círculo para a mulher, isto porque na tradição hindu há um sinal semelhante.
 O símbolo celta, a cruz, representa a conexão entre os pagãos e a nova religião
Nós . O entrelaçamento desse design pode simbolizar o processo de evolução eterna que a alma experimenta em suas contínuas reencarnações até atingir a perfeição. Embora não se sabe quando e por que esses nós assumiu o papel de representar o amor e a uni on de dois amantes, um sinal de que o relacionamento deles era para sempre.
O símbolo celta, os nós, representa o compromisso entre dois amantes, sinal de que seu relacionamento duraria para sempre
Triqueta . Um dos símbolos mais importantes da cultura celta é a figura feminina do universo em suas três facetas uníssonas: donzela, mãe e velha. Como o druidismo acredita na reencarnação da essência de todos os seres, essa ideia está intimamente relacionada à feminilidade, porque as mulheres adquirem o papel de doadoras da vida e portadoras da morte. As dríades estavam encarregadas dos ritos e funerais da fertilidade, como uma união com o terceiro plano, o céu.
O símbolo celta, a triqueta, representa a imagem universal das mulheres, em suas três facetas, de donzela, mãe e velha
Os celtas, protagonistas da época do manuseio dos metais, contribuíram para o mundo com os mais belos desenhos feitos com espirais, que representavam a essência da vida. 
FONTE: tienda.medieval.com 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© BL Design - 2017/2018. Todos os direitos reservados || Tudo aqui é feito com amor.
Criado por: Bianca Layouts ♥ EXCLUSIVO! ♥ .
Tecnologia do Blogger .
imagem-logo